Publicidade

Páginas

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

A (re) invenção de Evan Williams

COM A PLATAFORMA MEDIUM, FUNDADOR DO TWITTER E DO BLOGGER QUER TORNAR O CONTEÚDO ONLINE MAIS INTELIGENTE

Uma distância de apenas 1 400 metros separa o escritório do Medium da sede do Twitter, na região central de São Francisco, nos Estados Unidos. Mas, apesar da proximidade física, as duas plataformas são o oposto uma da outra. Se o foco do Twitter são mensagens curtas e atualizadas a cada segundo, o Medium valoriza análises aprofundadas e textos bem elaborados, que não necessariamente foram publicados no mesmo dia ou até no mesmo ano.

O que une os dois serviços de publicação é o americano Evan Williams, 42 anos. Um dos quatro criadores do Twitter e um de seus principais acionistas, Williams deixou o microblog em 2010 para dedicar a maior parte de seu tempo a promover outro tipo de conteúdo, mais analítico, e que, segundo ele, foi deixado em segundo plano na última década por empresas de tecnologia.

O escritório do Medium reflete o que ele diz. As salas de reunião têm nomes de escritores clássicos da literatura americana, e a decoração cria um ambiente artístico de inspiração, criatividade e reflexão. Por todos os lados é possível ver livros, revistas e obras de arte entre quadros, grafites e esculturas. Uma delas, um tanto desconfortável de olhar, tem o formato de um homem em pé, encostado na parede e coberto por gesso moldado na forma de tecido branco. O local ocupa o nono piso de um prédio comercial de 11 andares construído em 1908, onde trabalham os 73 funcionários da empresa. Por dentro, o acabamento é de tijolos e estruturas de concreto aparente.

O foco do Medium é a simplicidade, mas não é simples definir o site em uma categoria. Ele tem características de uma plataforma de blogs, porque permite publicar histórias e ideias em uma página pessoal. Mas, diferentemente dos blogs tradicionais, os sites do Medium não podem ser personalizados com estilos variados. Todos têm o mesmo formato minimalista, com listas dos posts mais recentes, publicações em destaque e textos recomendados. O editor de texto online também é o mais básico possível. Basta começar a escrever no rascunho em branco. O formato que o usuário vê na tela é o mesmo que será publicado.

Mas o Medium também é uma rede social. Cada usuário tem um perfil próprio e pode seguir outras pessoas. Ao entrar na página principal, o usuário vê os posts mais recentes publicados por quem acompanha. Também há listas com os textos mais recomendados do dia e as histórias marcadas como favoritas.

Leia mais em: INFO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário